RADIO A

Falamos há muito de empreendedores e de empreendedorismo, de proximidade (e de palavras mais pesadas como alteridade, equidade, inculturalismo). Pois numa época em que a doença nos afasta e o perigo das ideias radicais e populistas avança procurando mobilizar os que menos têm, de oportunidades e conhecimento, resolvemos mostrar o que já existe: formas de resposta que a comunidade desenvolve para se opor ao passado preparando o futuro.

Precisamos de uma rádio assim? Sim! Para dar voz às vozes.
Portanto concebemos a Rádio A, uma rádio na internet, como uma oportunidade para capacitar a comunidade do valor das suas valências partilhadas; como um meio de comunicação, à escala das pessoas e não para lá das pessoas; como, uma voz para todas as vozes, dos empreendedores aos que estão em risco de exclusão (social, do sistema educativo ou da vida profissional ativa…), abordando assuntos de cidadania e de cultura de forma sempre atrativa.

O projeto centra-se nas particularidades da comunidade em que atua, de forma a que os participantes estejam ativamente presentes nos processos de discussão, análise e produção dos conteúdos da rádio.

Acredita-se que o desenvolvimento de competências está intimamente ligado a um processo de diálogo.

E o que não é a rádio se não o expoente dos diálogos?

Na grelha desta Rádio teremos estes espaço:
À conversa – espaço de entrevistas
À procura de quem sabe – espaço de encontro com os empreendedores nas mais diversas áreas
À procura de emprego – bolsa de procura, oferta e promoção de emprego
ALMADA MUNDO – em torno das iniciativas que promovemos
À rodas das fogueiras – os debates dos temas mais quentes
A cultura é nossa! – o programa de um novo centro cultural de Almada
A presença de Fernão Mendes Pinto – HÁ MAIS PRONÚNCIAS NA TERRA (ponto de encontro de migrações)

Há agenda – espetáculos e protagonistas Há música
Há que ler
Há que ver
Há outra margem
Há professores a passar por aqui Há alunos que passam
À maneira

 

RÁDIO A VOZ PARA TODOS NÓS